Buscar
  • Laboratório São José

Você já realizou os seus exames de pré-natal?


O acompanhamento pré-natal é de grande importância para garantir a saúde da mãe e do bebê, uma fez que tem o objetivo de identificar possíveis fatores de risco ou doenças que podem afetar o curso normal da gestação. Neste acompanhamento o médico analisará o histórico clínico, ginecológico e obstétrico da paciente, além de realizar um exame físico e solicitar exames laboratoriais. A avaliação do histórico clínico é feita com o intuito de identificar e tratar possíveis doenças prévias, como diabetes e hipertensão arterial, além de reconhecer hábitos cujos efeitos adversos podem ser prejudiciais à gravidez, como tabagismo e uso excessivo de álcool. O histórico ginecológico e obstétrico, por sua vez, serve para verificar a ocorrência de gestações anteriores, intervalo entre elas, partos e possíveis intercorrências, como abortamento e pré-eclâmpsia. No exame físico, são avaliados o peso, a altura e a pressão arterial da paciente, para que ela recebe orientação nutricional adequada e informações sobre hábitos saudáveis que devem ser cultivados, como manter uma atividade física regular. Com relação aos exames, inicialmente são solicitados os exames como: tipagem sanguínea e fator Rh; coombs indireto (se a mãe for Rh negativo); glicemia em jejum; dosagem de TSH e T4 livre; sorologias infecciosas para sífilis, rubéola, citomegalovírus, HIV, toxoplasmose IgM e IgG, hepatite B (HbsAg) e C; parcial de urina e urocultura; citopatológico de colo de útero (papanicolau), se for necessário; exames de secreção vaginal (se houver indicação clínica); parasitológico de fezes (se houver indicação clínica); ultrassonografia obstétrica inicial;e ainda ultrassonografia morfológica de primeiro trimestre (avalia o risco de algumas síndromes cromossômicas), entre 11 semanas e 3 dias a 13 semanas e 6 dias. Já no segundo trimestre de gestação, costuma-se solicitar o teste de tolerância oral a glicose 75 mg, para diagnóstico de diabetes gestacional (recomendado entre 24 a 28 semanas) e a ultrassonografia morfológica do segundo trimestre, feita entre 20 e 24 semanas com o intuito de identificar má-formações fetais estruturais, como por exemplo fenda labial e anomalias congênitas cardíacas. Nessa fase da gestação, já é possível determinar o sexo do feto. E no terceiro e último trimestre os exames solicitados são: hemograma; sorologias para sífilis, HIV, toxoplasmose (se permanecer negativa) e hepatites B e C; pesquisa do estreptococo do grupo B (entre 35 e 37 semanas) e a ultrassonografia obstétrica para avaliação do crescimento fetal (entre 34 e 37 semanas). Aqui no Laboratório São José, você pode realizar todos estes exames laboratoriais e garantir uma gestação segura e tranquila. Para mais informações entre em contato conosco!

#prenatal #prevencao #gestante #exames #exameslaboratoriais#laboratorio #laboratoriosaojose #saojose #santacatarina

2 visualizações
  • White Facebook Icon